SAC (41) 3233-4332

Cadastre-se

Livro de Pintura - Arthur Nísio Vida, Obra e Beleza

9788587267047

Por: R$ 187,00ou X de s/juros

Comprar
Comprar
NOVO BOTÃO
add
blindado verisign
Opções de Parcelamento:
  • à vista R$ 187,00
  • 2X de R$ 93,50 s/juros sem juros
  • 3X de R$ 62,33 s/juros sem juros
  • 4X de R$ 46,75 s/juros sem juros
  • 5X de R$ 37,40 s/juros sem juros
  • 6X de R$ 31,16 s/juros sem juros
Opções de Parcelamento:
Este livro é, nas palavras do curador José Paulo Fagnani, “uma modesta tentativa de homenagear um dos maiores artistas que o Paraná já teve e que alguns privilegiados tiveram a honra de conhecer”.
Mais que uma coletânea de obras do pintor, a presente edição traz, também, uma biografia de Arthur Nísio, que se inicia já na infância, quando seus pais percebem o imenso talento do filho para o desenho e a pintura. Aos 17 anos, o jovem foi estudar no Instituto de Belas Artes de Porto Alegre. Em 1924, quando a família retornou a Curitiba, Nísio passou a estudar no Ateliê de Lange de Morretes. Entre 1925 e 1927, foi aluno no ateliê de João Turin, onde aprendeu escultura e modelagem.
Nos anos seguintes, suas exposições impressionam a alta sociedade paranaense, e Arthur Nísio é enfim agraciado com uma bolsa de estudos na Alemanha, concedida pelo então prefeito de Curitiba, João Moreira Garcez, em 1928. Seu destino foi a cidade de Munique, onde cursou a Academia de Belas Artes, uma das melhores no gênero minimalista.
Foi na Alemanha, durante o período da Segunda Guerra Mundial, que Nísio viveu uma época sombria; expôs, ao lado de vários artistas, em cidades do interior, vindo a casar-se, em 1940, com Katharina, sua grande incentivadora nas artes. Em 1944, Nísio já não pintava mais, obrigado que estava ao trabalho no campo, para sustentar a família, e teve que mudar-se às pressas para o sul do país, região em que a ameaça da guerra não era tão sentida. De lá, foram transferidos para um campo de refugiados na França, onde Nísio viveu com dificuldade, durante um ano, da venda de suas obras.
Retornou ao Brasil no ano seguinte, e tornou-se mais tarde professor na Escola de Música e Belas Artes do Paraná. Foi sempre sinônimo de excelência artística, e também de lucro certo para qualquer profissional que se ocupasse de comercializar suas obras. Faleceu em Curitiba, no dia 26 de abril de 1974, vítima de câncer no pulmão, e é até hoje uma referência em pintura.
Livro brochura.
Tamanho: 26,5 x 32 cm
Páginas: 130
Edição em português.
Autor: José Fagnani , Luiz Sade e Ângela Wanke.
Editora: Posigraf Editora.

Pergunte e veja opiniões de quem já comprou